Dica do Tex

Saiba mais sobre o processo de pintura por imersão

A pintura por imersão é um dos processos mais simples de pinturas industriais, pois consiste em submergir uma peça num recipiente com tinta e, ao retirá-la, o excesso escorrerá no próprio tanque e o material estará totalmente coberto. Este método é indicado para peças irregulares, de difícil pintura por meio de outros procedimentos.

Com seus prós e contras, essa técnica ganha destaque por ser de fácil aplicação. Conheça as vantagens e desvantagens deste tipo de pintura, e saiba identificar se este é o modelo ideal a ser utilizado para a sua necessidade.

Vantagens

Economia: mesmo com a perda de solvente por evaporação, como o excesso da tinta acaba escorrendo de volta para o tanque, as perdas são minimizadas.

Velocidade: pintura mais rápida que outros métodos, por cobrir toda a peça de uma só vez.

Resultado: a peça fica completamente recoberta, não havendo pontos falhos sem aplicação de tinta.

PowerPoint Presentation

Desvantagens:

PowerPoint Presentation

Espessura irregular: quando a peça é retirada do banho, o excesso da superfície escorre e, consequentemente, algumas partes poderá ter menor espessura que outras.

Tendência de apresentar escorrimento: principalmente nos pontos onde existem furos, depressões ou ressaltos de peça, prejudicando o aspecto estético.

Baixa espessura de película: salvo em casos especiais.

Comente sobre este post

Não se preocupe, seu endereço de email não será publicado.